POESIA DE

ILONA BASTOS

Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto - Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto

POEMAS

.

REALIDADE RECRIADA

isto e aquilo

Ilona Bastos

CONHEÇA A OBRA DE EVELYN DE MORGAN

Evelyn De Morgan, Flora, 1894

Pela ilusão da Poesia

transformo isto naquilo,

e daquilo me convenço

como se realidade fora.

 

Porém, se a isto regresso,

sinto estranha e abomino

esta feiura demente

do real que me sufoca.

 

Aquilo é meu – a ficção.

Isto, sei-o, –  é realidade.

Mas com aquilo resisto

a isto, a esta verdade.

 

Só que uma borboleta -

brancas pétalas que pairam -

toca leve o meu cabelo!

 

É real a borboleta:

desenhadas duas pintas,

bordadas nas suas asas!

 

Outra que surge, é seu par.

Borboletas numa valsa

ao sol feliz da manhã!

 

E quando o olhar afasto

dessa magia, enleada,

nisto vejo aquilo, aquilo,

realidade recriada…

 

 

Lisboa, 5 de Junho de 2007

 

Próximo Poema

.

Sugestão de visita: La Biblioteca di Shanna

 

Home.... I ....Dados Biográficos.... l ....Poemas... l ....Hai-kai.... l ....Contacto.... l .... Topo

© 2004 - Ilona Bastos - Todos os direitos reservados

Pintura de Henri Lebasque

Som de fundo: Chopin, Opus 25

Mais recente actualização: 9 de Junho de 2007