POESIA DE

ILONA BASTOS

Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto - Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto

POEMAS

GENTE

Ilona Bastos

CONHEÇA O PINTOR MANDALY LOUIS-CHARLES

Mandaly Louis-Charles, The Beggar, 30x30 oil in canvas

..

Cuidas tu que sou diferente.

Ao passar, olhas de lado.

E eu sinto, tristemente,

Teu sentir de desagrado…

.

Vê meu rosto sofredor,

Meu olhar banhado em pranto,

E como busco o amor,

Sem descanso, sem quebranto!

.

Eu só te peço um momento.

Pára e vê a realidade!

Procura em teu pensamento

O que sou eu em verdade.

.

Vê minha ânsia de carinho

E os braços que te lanço.

Como em teu colo me aninho

E no teu calor descanso!

.

Diz-me no que sou diferente

Do teu sentir e pensar.

Olha-me bem, realmente!

Minha essência ousa tocar.

.

Vê meus lábios a sorrir,

De ternura, compreensão.

Como uma rosa a florir,

Abro eu meu coração!

.

É a raça, a minha cor

Que te causam confusão?

O não ver, a minha dor,

Ou a minha profissão?

.

Vê como ensino e aprendo,

Como escrevo, canto e danço.

À tristeza não me rendo,

Vivo sempre e não me canso!

.

É meu sexo, religião,

Que te deixam assustado?

Se me vês, de antemão

Tens um juízo formado?

.

Vê a obra que criei,

O meu esforço, o meu labor.

O muito que trabalhei,

Como lutei com ardor!

.

Vê como rio ou choro,

Como amo, como grito!

Que me olhes, eu imploro,

É disso que necessito…

.

É disso que necessitas,

Que me olhes, para ver!

E diz-me então se acreditas

Que eu diferente possa ser.

.

Diz-me lá se sou diferente

Do que tu és, ou os teus.

Tu e eu, nós somos gente,

Todos nós filhos de Deus!

.

.

Lisboa, 6 de Setembro de 2005

Home.... I ....Dados Biográficos.... l ....Poemas... l ....Hai-kai.... l ....Contacto.... l .... Topo

© 2004 - Ilona Bastos - Todos os direitos reservados

Pintura de Henri Lebasque

Som de fundo: Chopin, 12 Estudes, Opus 25, nº 1

Mais recente actualização: 23 de Junho de 2008