POESIA DE

ILONA BASTOS

Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto - Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto

POEMAS


REFLEXOS

Ilona Bastos

.Copyright: Carlos Pereira

Nas poças de chuva que a rua enfeitam

há um milhão de coisas:

um alto edifício com um velho à janela,

um ramo frondoso com suas mil folhas,

dois pombos cinzentos em encontro amoroso,

um vaso de flores que a senhora observa

as nuvens bojudas, percorrendo o céu,

e a folha dourada que o plátano larga

que vem a voar, flutua e poisa

serena, confusa, no mar...

.

E, então, se te chegas mais perto,

estendendo a mão para o barco alcançar,

é o mundo que eu vejo na poça de água,

magnífico, fascinante, reflexo vibrante

do teu puro olhar.

.

 Lisboa, 29 de Outubro de 2004

Home.... I ....Dados Biográficos.... l ....Poemas... l ....Hai-kai.... l ....Contacto.... l .... Topo

© 2004 - Ilona Bastos - Todos os direitos reservados

Pintura de Henri Lebasque

Som de fundo: In Slumberland, Scenes from Childhood, Opus 15, Robert Schuman

Mais recente actualização: 9 de Dezembro de 2005