POESIA DE

ILONA BASTOS

Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto - Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto

POEMAS

POESIA

Ilona Bastos

.

Poesia é neblina

É uma certa confusão

Que nos deixa ver além

Do que veríamos sem ver

Que existia poesia

Dentro do coração.

.

Poesia é brincadeira

De jogar com as palavras

Com os sons e as ideias

De jogar com a tristeza

Que triste deixa de ser

Na partida que é jogada

Em poesia a valer.

.

Poesia é perspicácia

De dizer o indizível

Definir o indefinível

Alcançar o inalcançável

E deixar o sentimento

De ser mero pensamento

Ser anseio irreprimível

Ou turbilhão imparável.

.

Poesia é afirmação

De que maior é o Homem

Que suas fracas acções

De que em meio à neblina

No centro da confusão

Mesmo em tom de brincadeira

Que não esconde a emoção

Vive força superior

Que tudo pode alcançar

Basta só reconhecer

Na Poesia uma tocha

Que a nossa alma transporta

Em seu destino profundo

De trazer a Paz ao Mundo.

..

 Lisboa, 13 de Setembro de 2004

Home.... I ....Dados Biográficos.... l ....Poemas.... l ....Hai-kai.... l ....Contacto.... l .... Topo

© 2004 - Ilona Bastos - Todos os direitos reservados

Pintura de Henri Lebasque

Mais recente actualização: 29 de Outubro de 2004