POESIA DE

ILONA BASTOS

Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto - Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto

POEMAS

.

EU SEI

Ilona Bastos

.

Eu sei que apetece desistir

e desesperar,

eu sei…

.

Mas repara, está lá tudo,

nesse incrível caldeirão

que é o mundo.

.

Está o sofrimento

misturado com o amor,

e a meiguice dissolvida

em azedume.

.

Está lá tudo, te garanto!

.

Estão lá a sabedoria e a estupidez,

em partes iguais, e em idêntica proporção

a raiva e a paixão, amálgamas de fúria

e indescritíveis rancores.

.

Estão lá o ódio e a candura,

a violência, a inveja e a arrogância,

as acções mais nobres, a inocência,

o desapego.

.

Só temos que distinguir.

Que extinguir o fogo do mal

com a espuma da nossa esperança.

Que regar a flor do bem

com a água da nossa fé.

.

Eu sei, eu sei…

Mas repara bem.

Está lá tudo!

..

 Lisboa, 20 de Setembro de 2004

Home.... I ....Dados Biográficos.... l ....Poemas.... l ....Hai-kai.... l ....Contacto.... l .... Topo

© 2004 - Ilona Bastos - Todos os direitos reservados

Pintura de Henri Lebasque

Mais recente actualização: 29 de Outubro de 2004