POESIA DE

ILONA BASTOS

Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto - Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto

POEMAS

O TEU OLHAR

Ilona Bastos

.

Foi só o teu olhar, não foi mais nada,

Que me atraiu, profundo, da entrada,

E meu olhar prendeu, com o choque imenso,

De se abismar em teu olhar intenso.

.

Foi só o teu olhar, que me cercou,

Que me sorriu, beijou e namorou,

E, sem pedir, tornou todo o meu ser

Em chama viva, ardente de prazer.

.

Bastou o teu olhar de sedução,

Brilhante, brasa intensa de paixão,

Que sobre mim pousou por um segundo,

.

E, num só toque, forte em emoção,

Foi teu olhar varinha de condão,

A dar sentido e vida ao meu mundo.

.

.

 Lisboa, 30 de Agosto de 2004

Home... I ....Dados Biográficos.... l ....Poemas.... l ....Hai-kai.... l ....Contacto.... l .... Topo

© 2004 - Ilona Bastos - Todos os direitos reservados

Pintura de Henri Lebasque

Mais recente actualização: 29 de Outubro de 2004