POESIA DE

ILONA BASTOS

Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto - Poemas - Biografia - Hai-kai - Contacto

POEMAS

RETRATO DO MEU AMOR

Ilona Bastos

.

Olho o teu rosto jovem e audaz,

Fito os teus olhos ternos, meigos,

Que a verdade contam sem receios.

Penso em ti, longe de mim, tão só,

Vejo-te em sonhos, olhando em paz

O verde molhado dos outeiros…

.

Toco-te a boca, que cerras, sem falar,

Miro-te o queixo, erguido, valoroso.

Sei-te distante, na estrada, a rodar

Veloz na chuva, que tomba sem repouso.

.

Nas minhas mãos já sinto o teu cabelo,

O teu olhar me envolve com ardor,

Em pensamento é meu o teu calor.

Para mim vens, quilómetros correndo,

A tempestade vences, percorrendo

A distância que separa o nosso amor.

.

.

 Lisboa, 3 de Janeiro de 1982

Home... I ....Dados Biográficos.... l ....Poemas.. l ....Hai-kai.... l ....Contacto.... l .... Topo

© 2004 - Ilona Bastos - Todos os direitos reservados

Pintura de Henri Lebasque

Mais recente actualização: 29 de Outubro de 2004