introduz
 

..João Bastos

JOÃO BASTOS (1883-1957)...

Escritor Teatral. _________________________________________________________________

Home ..l Apresentação..l. Vida..l. Obra..l. Links..l. Mapa do Site.l. Contacto

APRESENTAÇÃO

Caro Visitante, bem-vindo ao sítio do escritor teatral João Bastos!

Quando se completam 50 anos sobre o falecimento do escritor João Bastos, vejo na criação deste site uma justa homenagem à sua personalidade e ao seu imenso talento.

É também objectivo desta página coligir e divulgar a extensa obra de sua autoria, a qual, não só mereceu entusiástico aplauso aquando da sua colocação em cena, ainda em vida do autor, como tem sido, até ao presente, recordada e apreciada por sucessivas gerações de portugueses. Comédias como "O Costa do Castelo", "A Menina da Rádio" e "O Leão da Estrela" (esta última escrita de parceria com Ernesto Rodrigues e Félix Bermudes), deram origem a filmes, realizados por Arthur Duarte - com actuações brilhantes de António Silva, Maria Matos, Milú, Maria Eugénia, Curado Ribeiro, Hermínia Silva, Laura Alves, Artur Agostinho, e tantos outros talentosos actores - que, ainda hoje, a todos divertem e entusiasmam, pela crítica pertinente, humor sagaz e tiradas espirituosas. Canções como "Cantiga da Rua" e fados como "Madragoa" e o "Fado do Ganga" continuam a ser interpretados pelos nossos melhores artistas e acolhidos com imenso agrado.

Há pouco iniciada, a pesquisa da obra de João Bastos que me propus realizar, e que se encontra subjacente à construção deste site, revelou-se surpreendente e fascinante.

Como sobrinha neta do escritor - que infelizmente não cheguei a conhecer, uma vez que faleceu dois anos antes do meu nascimento - desde criança acostumei-me a ouvir o meu Pai relembrar o encanto, a graça e o carisma deste seu tio e padrinho que, nas reuniões familiares, entusiasmava os presentes com as suas histórias repletas de humor, réplicas engraçadas e anedotas do meio teatral - que tanto apreciava e vivia intensamente. Habituei-me, também, a assistir aos filmes cujos diálogos escreveu, e ouvir os comentários do meu Pai que, rindo, exclamava: "Esta é mesmo à tio João Bastos!". Cheguei a ler algumas das suas peças, em livrinhos finos, edições muito antigas em papel amarelecido, que me enchiam de prazer.

Apesar de tudo isso, estava longe de avaliar a dimensão total da obra, e não tinha consciência do êxito estrondoso que as suas revistas, peças teatrais, operetas, comédias, etc. haviam granjeado junto do público! Desta realidade só agora me estou apercebendo, ao mesmo tempo que mergulho nesse mundo encantatório que é o do teatro, dos grandes artistas de revista e de comédia. Artistas como Estêvão Amarante, Satanella, Augusto Costa, Nascimento Fernandes, Chaby Pinheiro, Aura Abranches, entre tantos e tantos outros, que com as suas interpretações fabulosas levavam o público ao rubro, vão-se-me revelando!

Este retornar ao passado do teatro ligeiro português inspira-me, e espero poder aprofundar a informação e trazê-la regularmente a esta página, tornando o trabalho mais completo e aprofundado.

Assim, o site continuará em construção e, por isso, muito grata ficarei pelas sugestões e contributos que os visitantes deste cantinho queiram enviar-me.

Boa navegação!

ILONA BASTOS

baptistaserodio@netcabo.pt

http://www.ilonabastos.webhs.pt

http://materiadasestrelas.blogspot.com/

http://ilona-bastos.blogspot.com/

 

Home ..l Apresentação..l. Vida..l. Obra..l. Links..l. Mapa do Site.l. Contacto

 

Última Actualização: 30-08-2007 l Livro de Visitas: Assinar o livro de visitas Exibir o Livro de Visitas

.